Novidades

Breve História da Educação a Distância

Postado por Matemática é Fácil! - 25 de janeiro de 2015 Sem comentários

Equação de primeiro grau de forma fácil!
No Brasil e no mundo, além do ensino tradicional, existem outras modalidades de ensino. Uma dessas modalidades que está crescente a cada dia, é a chamada Educação a Distância, conhecida pela sigla (EAD). Por isso, iniciaremos uma pequena série de postagens sobre EAD, começando pelo seu contexto histórico.

Breve História da Educação a Distância

De acordo com o Ministério da Educação (MEC):

Educação a Distância é a modalidade educacional na qual alunos e professores estão separados, física ou temporalmente e, por isso, faz-se necessária a utilização de meios e tecnologias de informação e comunicação. Essa modalidade é regulada por uma legislação específica e pode ser implantada na educação básica (educação de jovens e adultos, educação profissional técnica de nível médio) e na educação superior. [Portal do MEC]

A expressão “Educação a Distância” surgiu no início do século XX com a divulgação do sueco Börje Holmberg, que ouviu essa expressão na universidade alemã de Tübingen. No lugar de citar “estudo por correspondência”, os alemães usavam os termos “Fernstudium” (educação a distância) ou “Fernunterricht” (ensino a distância). 

Apesar de, atualmente estar em evidência e ser sinônimo de tecnologia e intimamente ligada com a internet, a EAD não é uma modalidade nova de ensino, e sim uma modalidade bem antiga.

De acordo com a Associação Brasileira de Educação a Distância (ABED), em 1728 foi o marco inicial da Educação a Distância, com o anúncio de um curso pelo Professor Caleb Philipps, no Jornal Gazeta de Boston. Após diversas iniciativas de alguns professores, somente no século XIX a Educação a Distância começa a existir institucionalmente. Entre os destaques estão a Faculdade Sir Isaac Pitman, situada no Reino Unido, inaugurada a primeira escola por correspondência, a Universidade de Londres, 1858 através de cursos por correspondência, e teve entre seus alunos mais ilustres, Mahatma Gandhi e Nelson Mandela, ambos estudaram Direito. Em Berlim, a Sociedade de Línguas Modernas ensina Francês por correspondência e a Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, cria a divisão de ensino por correspondência para preparação de docentes. 

Mas foi no século XX que a Educação a Distância teve seus maiores avanços, tanto em expansão pelo mundo quanto em tecnologia. Grande parte dos cursos oferecidos por Institutos, Fundações, Colégios e Universidades, foram oferecidos por correspondência (durante muito tempo). Com o advento do cinema, na primeira década do século XX, essa tecnologia começou a ser usada para aprendizagem a distância. Após, com o sucesso do rádio, até a quarta década passou a ser o modelo de curso da distância, assim como o advento e popularização da televisão, passando essa, a partir de 1950, ser o principal meio de educação a distância. E, na segunda metade do século XX, o audiocassete e o videocassete começaram a ser empregados, causando uma revolução na Educação a Distância, pelo fato do aluno ter a flexibilidade de levar e assistir os vídeos, dia, hora e local onde estivessem. Logo após veio uma revolução muito maior da tecnologia: a internet. Ao longo do século XX, essas instituições iniciaram cursos em países como União Soviética, Japão, França, Noruega, Estados Unidos, Argentina, Reino Unido, Espanha, Venezuela, Costa Rica, Holanda, Índia, Portugal e outros países da Europa, além de alguns países do Continente Africano e também no Brasil. 

No século XXI, com o grande advento da internet, é possível, além de assistirmos as aulas no dia, hora e local que quisermos, ainda podemos interagir com outras pessoas, e muitas vezes, ao vivo. Hoje, com a tecnologia digital ao nosso lado, podemos ter uma interatividade por meio de: e-mail, fórum, chat, videoconferência, entre outros.

Na próxima postagem, falaremos um pouco sobre as gerações da Educação a Distância.


Marcadores:


Sem comentário no artigo " Breve História da Educação a Distância "

‣ Escreva em $\LaTeX$ nos comentários dos artigos deste blog. Insira equações entre os símbolos de \$.
‣ Exemplo: \$x^{2}=100\$ gerará $x^{2}=100$;
‣ Teste equações antes de enviar seu comentário. Ver ajuda em latex.matematicaefacil.com.br
‣ Atente para a politica de comentários do blog.
‣ Marque a opção Notifique-me para ser avisado quando o seu comentário for respondido.