Novidades

Últimos artigos

Múltiplos e Divisores

- 22 de outubro de 2018 Sem comentários
Conteúdo básico em concursos públicos, múltiplos e divisores são essenciais em quaisquer cálculos que contenham multiplicação e divisão, além de obrigatório em decomposições de fatores primos para cálculos de MMC e MDC (importantes tanto em provas de concursos quanto em cálculos de frações), e também importante em cálculos de radiciações.



Para auxiliar no estudo de múltiplos e divisores, segue em anexo um arquivo com seus conceitos e aplicações, e também com regras de divisibilidade, que facilitam muito esses cálculos.

Acompanhe as próximas postagens, fique atento! Para não perder nada, assine gratuitamente o nosso blog!


Grande abraço!

Afinal, para que serve a Matemática?

- 13 de setembro de 2018 Sem comentários
Ao mesmo tempo que estamos rodeados pela Matemática em praticamente todos os momentos de nossa vida, na maioria desses momentos estamos também rodeados por pessoas que odeiam a Matemática. E muitas dessas pessoas fazem o mesmo questionamento: Afinal, para que serve a Matemática? 

Afinal, para que serve a Matemática?


Partindo do contexto histórico, desde o surgimento do ser humano, a Matemática faz parte do cotidiano das pessoas. O “homem pré-histórico” utilizava a Matemática intuitivamente para caçar, pescar, colher e fazer suas moradias com madeiras e peles de animais. Fazia cálculos por meio de entalhes em madeiras e ossos, nós em cordas e contagens com pedras. 

Surgindo as chamadas civilizações, houve a necessidade da escrita e do número para auxiliar nas atividades cotidianas. Assim, surgiram os cálculos que conhecemos hoje. 

Ao longo da história da humanidade, a Matemática foi primordial para o progresso da mesma. Desde os cálculos do cotidiano, a invenção do calendário, o avanço da Astronomia, as construções, o entendimento de fenômenos naturais, o grande avanço da tecnologia, entre outros. 

Afinal, para que serve a Matemática?

Utilizamos a Matemática desde a hora em que acordamos até a hora em que vamos dormir, afinal, no mínimo precisamos colocar o relógio para despertar. A todo momento calculamos o tempo, seja para dormir, chegar ao trabalho e voltar para casa, o próprio horário de trabalho, almoço, lanche, etc. Todos os objetos que utilizamos foram feitos com cálculos matemáticos. Nossos aparelhos eletrônicos são pura Matemática. Além disso, em qualquer lugar que estivermos, estamos cercados de números: casas, prédios, lojas, informações, placas, etc. Estamos sempre preocupados com a previsão do tempo, o que também é pura Matemática. Assim como vibramos com o avanço da medicina e descoberta de novas vacinas. Na TV, jornais ou revistas, acompanhamos sempre porcentagens e gráficos referente a algum assunto. A lista é enorme... 

Afinal, para que serve a Matemática?


Podemos nos questionar o motivo de aprender certos cálculos e fórmulas na escola, mas todos são primordiais para nós, senão nada existiria. 


Afinal, para que serve a Matemática?

Segue abaixo uma relação simplista de onde usamos a Matemática. Os exemplos relacionados são poucos, comparados com tamanha importância da Rainha das Ciências: 


  • Qualquer objeto: roupas, calçados, cama, sofá, equipamentos, ferramentas; 

  • Tecnologia: celular, computador, TV, rádio, videogame, internet; 

  • Tudo que envolve dinheiro; 

  • Documentos: RG, CPF, carteira de habilitação, carteira de trabalho, título de eleitor; 

  • Lugares: número da casa, apartamento, sala de aula, CEP do endereço; 

  • Placa do carro, números das linhas de ônibus; 

  • Idade, altura e peso; 

  • Graus dos óculos, binóculos, telescópios; 

  • Construções; 

  • Máquinas: veículos, aviões, foguetes, indústrias; 

  • Qualquer modalidade esportiva: tempo, espaço, pontuações; 

  • Astronomia; 

  • Previsão do tempo e outros fenômenos da natureza; 

  • Música, cinema e teatro; 

  • Livros, jornais e revistas; 

  • Alimentos; 

  • Embalagens de qualquer natureza; 

  • Agricultura e pecuária; 

  • Medicina; 

  • Calendário. 


Lembrando que esses são poucos exemplos, e que a Matemática é totalmente primordial na vida de qualquer pessoa e qualquer tipo de sociedade. 


Acompanhe as próximas postagens, fique atento! Para não perder nada, assine gratuitamente o nosso blog!


Grande abraço!

2º Aulão de Matemática para Concursos Públicos em SP

- 28 de agosto de 2018 Sem comentários
Após o sucesso de nosso 1º Aulão, e atendendo a pedidos dos próprios alunos, vem aí o 2º Aulão de Matemática para Concursos Públicos em SP. 

2º Aulão de Matemática para Concursos Públicos em SP


Dessa vez, visando somente o concurso público para a Prefeitura de São Bernardo do Campo (diversos cargos). É claro que o aulão serve para diversos outros concursos públicos, pois os conteúdos são comuns em outros editais. 

A metodologia utilizada será, principalmente, a interpretação de questões de concursos públicos, no qual grande parte dos conteúdos são identificados por meio de palavras-chave. Nas resoluções, valorizaremos os cálculos da Matemática básica e conversaremos sobre dicas de estudos. 

O local é um ótimo espaço que fica próximo a Estação Barra Funda do Metrô, num condomínio com conforto e segurança.

2º Aulão de Matemática para Concursos Públicos em SP



Só participarão do Aulão os alunos que fizerem a matrícula antecipada, pois são somente 20 vagas. 

Após a confirmação da matrícula, você receberá por e-mail uma apostila digital com 20 arquivos PDF e mais de 100 questões de concursos públicos, além de conteúdos de Matemática básica. As questões a serem resolvidas no aulão serão retiradas somente desse material, para assim ganharmos tempo. Lembrando que, pelo tempo do aulão, será possível retirar poucos exercícios, mas estudaremos todos os conteúdos.

Você também irá participar de nosso grupo no WhatsApp, no qual diariamente envio questões de concursos públicos e as respostas comentadas de forma escrita e por áudio, além de dicas de estudos. O grupo continuará até o dia da prova, 23/09/2018.

2º Aulão de Matemática para Concursos Públicos em SP



O aulão será ministrado no sábado, dia 08/09/2018, com o mesmo grupo (uma única turma), em dois períodos: 

Manhã: 9h00 às 12h00 

Tarde: 13h00 às 16h00 

Dentro de cada período, haverá um intervalo de 15 minutos.

Almoço por conta do aluno. 


Segue abaixo o conteúdo programático 


Manhã 

  • Operações com Números Racionais (resolução de situações-problema, envolvendo: adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação ou radiciação com números racionais, nas suas representações fracionária ou decimal); 

  • Mínimo Múltiplo Comum; 

  • Máximo Divisor Comum; 

  • Equações do 1º grau; 

  • Razão e Proporção; 

  • Regra de Três Simples e Composta 

  • Relação entre grandezas: tabelas e gráficos (comum em outros conteúdos); 


Tarde 

  • Porcentagem; 

  • Média Aritmética Simples; 

  • Geometria: forma, ângulos, área, perímetro, volume, Teorema de Pitágoras ou Tales; 

  • Grandezas e Medidas: quantidade, tempo, comprimento, superfície, capacidade e massa (comum em outros conteúdos); 

  • Equações do 2º Grau; 

  • Sistemas de Equações do 1º Grau. 


O valor do investimento está em R$ 80,00 e a matrícula pode ser feita em depósito bancário ou pelo link do Pag Seguro que está abaixo:




Para matrícula ou maiores informações, entre em contato no telefone (11) 99345-3888 (celular e WhatsApp), ou no e-mail: jefferson.matematica@hotmail.com

Nosso livro, Matemática é Fácil! Provas resolvidas de concursos públicos, estará disponível no dia para quem quiser adquirir. O aulão é baseado no livro, que contém estratégias de resoluções de questões de concursos públicos e 20 provas resolvidas, com 200 questões. 


Apresentação 


Meu nome é Jefferson Santos, sou professor de Matemática da rede municipal de ensino em SP. Sou formado com Licenciaturas em Matemática e Pedagogia, e com Pós-Graduações em Finanças e Formação em Educação a Distância, além de diversos cursos em editoras, institutos, diretorias de ensino e universidades (USP, UNICAMP, entre outros). Atualmente, estou cursando Licenciatura em Ciências Biológicas. 



Trabalhos 


As aulas particulares de Matemática que leciono são para Ensino Fundamental, Médio e Concursos Públicos, além de aulas preparatórias para ETEC, SENAI e outros processos seletivos. 

As aulas particulares são presenciais em SP (domicílio ou bibliotecas) e via Skype para todo o Brasil. 

Aceitamos cartões de crédito e débito, presencial e online. 

Para as aulas de reforço escolar, trabalho com o material do aluno (livros, apostilas, lições e listas de exercícios) e com meus livros didáticos. Para aulas preparatórias de concursos públicos, trabalho com apostila de concursos, livros didáticos, e diversas provas de concursos anteriores que eu imprimo e resolvo, além de imprimir e resolver alguma prova específica que o aluno precisar. Envio apostila digital em PDF com os conteúdos exigidos nos editais. 


Objetivos 


Missão: Facilitar o aprendizado da Matemática, com conceitos básicos e objetivos, auxiliando na compreensão, autonomia, desenvolvimento e aprendizagem das pessoas. 

Visão: Ser referência no ensino da Matemática em todo o território nacional, de uma forma simples e objetiva, aumentando a autoestima dos educandos. 

Valores: Ética, competência, valorização do ser humano, pontualidade, qualidade, aprendizagem, respeito, transparência e inclusão social. 


Contatos: 







Grandes Matemáticos - Al-Khowarizmi

- 21 de agosto de 2018 Sem comentários

O desenvolvimento da Matemática entre os povos antigos 


Antes de falar sobre o grande matemático Al-Khowarizmi, precisamos relembrar um pouco sobre a História da Matemática e todo o contexto da época em que ele viveu.

Grandes Matemáticos - Al-Khowarizmi


Em alguns artigos deste blog já abordamos sobre a História da Matemática, entre eles: 



Além desses artigos, temos diversos outros, entre eles uma série chamada “A Matemática no Continente Africano” e a série “Grandes Matemáticos”, no qual esse aqui sobre Al-Khowarizmi também faz parte. 

Quando falamos em História da Matemática, no princípio, abordamos desde o homem pré-histórico até a nossa primeira civilização, os egípcios. Após os egípcios, surgiram outras civilizações, que se desenvolveram às margens de grandes rios e dependiam essencialmente da agricultura. 

Para a organização das atividades agrícolas era necessário, antes de mais nada, dividir as terras e calcular a extensão que caberia a cada agricultor. A partir desses problemas, desenvolveram-se as primeiras noções de geometria e de medidas de áreas. Por outro lado, avaliar a quantidade de cereais produzidas, distribuir os grãos entre a população, comercializar os produtos agrícolas eram atividades que exigiam um sistema de numeração e técnicas de cálculo. Então, assim como os egípcios, as outras civilizações desenvolveram seus próprios símbolos (escrita, números e desenhos). É importante observar que estas civilizações não vieram umas depois das outras. Pelo contrário, muitas coexistiram durante séculos e, embora localizadas em regiões diferentes, mantiveram contato umas com as outras. Com exceção dos maias, que habitavam a América, as civilizações da Europa, Oriente e Oriente Médio trocavam mercadorias e conhecimentos. 


Segundo o site educar.sc.usp.br 

“O intercâmbio cultural envolveu também os conhecimentos matemáticos daqueles povos e se refletiu nas suas maneiras de contar e escrever os números. A história dos sistemas de numeração desenvolvidos por nossos antepassados muitas vezes se confunde com a própria história de seus criadores. As condições em que as civilizações do passado surgiram e evoluíram levaram ao desenvolvimento de conhecimentos práticos que constituíram o embrião de nossos amplos e diversificados conhecimentos atuais, em todas as áreas. Assim, a Matemática desenvolveu-se, inicialmente, a partir do modo de vida e das necessidades do dia-a-dia daqueles povos.” 


Veja abaixo as civilizações mais importantes, e o período de maior desenvolvimento: 


Egípcios: 4500 a.C. à 300 a.C. 

Mesopotâmicos: 3500 a.C. à 500 a.C. 

Chineses: 2200 a.C. até hoje. 

Hindus: 2000 a.C. à 700 d.C. 

Gregos: 1100 a.C. à 400 d.C. 

Romanos: 500 a.C. à 500 d.C. 

Maias: 300 d.C. à 1600 d.C. 


Neste artigo, destacaremos as civilizações Hindu e Árabe. 


Por conter imagens e fórmulas matemáticas, o artigo está anexo em PDF. A vantagem é que dá para você salvar e estudar em qualquer lugar. 


Acompanhe as próximas postagens, fique atento! Para não perder nada, assine gratuitamente o nosso blog!